Pular para o conteúdo
Home > Metodologia OKR > OKRs x KPIs: O que são e quais as diferenças? Veja exemplos
Home > Metodologia OKR > OKRs x KPIs: O que são e quais as diferenças? Veja exemplos

OKRs x KPIs: O que são e quais as diferenças? Veja exemplos

Quando falamos em gestão de metas, você sabe o que são OKRs? E KPIs? Quais suas diferenças? Esses são dois conceitos que, muitas vezes, andam juntos, mas que podem ser facilmente confundidos. Por ser uma dificuldade em muitas empresas, neste artigo nós vamos trazer a definição dos dois termos, mostrar exemplos e explicar as principais características que difere os dois.

OKRs e KPIs são dois termos muito conhecidos dentro das empresas e de áreas como RH, marketing e comunicação. Porém, suas semelhanças acabam levantando uma série de dúvidas entre seus usuários. Por trabalharem juntos e muitas vezes se complementarem, é normal que aconteçam algumas confusões. Vamos então entender o que essas siglas significam e onde divergem.

OKR vs KPI

O que é OKR?

OKR significa “Objectives and Key Results”, que, em sua tradução, fica “Objetivos e Resultados-Chave”. É a metodologia usada e proposta pela nossa plataforma da Elofy para gestão de metas na empresa.

Resumidamente, o OKR é um sistema de gerenciamento de metas que funciona com base em 3 pilares principais: objetivos, key results e iniciativas. Os objetivos indicam aquilo que queremos, onde queremos chegar. Os key results informam se estamos chegando lá. As iniciativas ditam o que faremos para atingir nosso objetivo, são projetos e tarefas visando chegar lá.

OKRs também é uma metodologia usada por empresas inovadoras como Google, Amazon, Microsoft, entre outras. E sua fama no mundo corporativo vem crescendo graças a sua praticidade e simplicidade. A verdade é que metas muito complicadas estão relacionadas á falta de motivação de muitos colaboradores, o que é um grande problema. Mas com os Objetivos e Resultados-Chave, as metas tornam-se simples e claras, o que gera maiores resultados.

O que é KPI?

KPI significa “Key Performance Indicator”, que, em sua tradução, fica “Indicadores-Chave de Performance”. É um tipo de medição de desempenho, que avalia a performance e o sucesso das atividades propostas.

Assim como os OKRs, os Indicadores-Chave de Performance são objetivos e pontuais, visando entregar apenas informações relevantes e necessárias. Aqui não existe uma regra de funcionamento, porque os KPIs vão depender muito de cada empresa e de cada propósito.

Existem diversas métricas possíveis de serem usadas e a escolha dependerá da necessidade de cada equipe. Alguns exemplos de Indicadores-Chave de Performance são taxa de conversão, taxa de reclamações, tráfego no site, tempo médio de uso, engajamento, Customer Lifetime Value e outros. Mais adiante mostraremos com mais detalhes.

Os “Ks” da questão

Como vocês devem ter percebido até aqui, a grande semelhança que existe são nos “Ks”. O Key Result e o Key Performance. A principal diferença entre os dois termos é a pergunta que se faz para eles. Enquanto nos Key Results nós respondemos se estamos chegando no nosso objetivo, no Key Performance nós respondemos em que condições estamos atingindo ele.

Os dois “Ks” são métricas que visam o resultado, que tem por objetivo atingir o objetivo final. Porém, o KR é uma métrica de sucesso, enquanto o KP é uma métrica de controle. Outra diferença é a quantidade. Enquanto nos KRs existe um limite sugerido (no máximo 5), não existem limites para Key Performance. Tudo que ajude no controle dos resultados é válido e bem-vindo, desde que seja sempre monitorado.

Exemplos

Para facilitar sua visualização, vamos colocar aqui dois exemplos práticos que você precisaria usar tanto OKRs quanto KPIs.

Exemplo #1

Você quer um aumento nas vendas do seu produto.

  • Key Result: aumentar o fechamento de venda de 10% para 15%
  • Key Performance: número de impressões no site; tráfego da web; taxa de conversão.

Exemplo #2

Você está tendo um grande custo com o tráfego pago e quer diminuir.

  • Key Result: diminuir o custo de conversão de R$91 para R$71
  • Key Performance: taxa de cliques (CTR); índice de qualidade (QS); taxa de conversão.

Apesar de diferentes, eles funcionam juntos?


Como dissemos antes, os OKRs e os KPIs se complementam. Os dois agem juntos no grande propósito: atingir o objetivo. Eles não apenas andam juntos, como também estão conectados. Pode-se dizer que o Key Result parte de uma baseline e mira em um target, visando uma mudança de patamar. E o Key Performance auxilia nesse meio tempo, fazendo a zona de controle, apenas para garantir que tudo saia como o planejado. Então sim, eles funcionam perfeitamente juntos!

Aliás, muitas vezes a presença de ambos é indispensável. Isso porque é possível que em um OKR tudo que foi estabelecido seja cumprido e mesmo assim o resultado não seja bom. Em um planejamento, a equipe precisa não apenas definir suas metas e suas tarefas, mas também se comprometer a analisar o processo, mudando tudo aquilo que for necessário para sempre se manterem alinhados ao objetivo. E é aqui que os dois agem em conjunto.

Qual a importância das duas estratégias?

Ambas as estratégias são altamente mensuráveis, o que facilita a avaliação de resultados e tomada de decisões mais assertivas na empresa.

O OKR, como comentamos anteriormente, está se tornando uma metodologia muito cobiçada no mercado, pois simplifica metas e as torna mais acessíveis para todos os colaboradores. A verdade é que os Objetivos e Resultados-Chave guiam os times para as metas que mais fazem sentindo no momento da empresa, ajudando assim a focar no que realmente importa independente das ações que precisam ser tomadas.

OKRs também são essenciais para atingir grandes metas, que um dia pareciam muito fora do alcance das empresas, isso porque o foco é bem assertivo e alinhado com toda a empresa. Ah, e não podemos desconsiderar que essa metodologia também está relacionada à motivação e produtividade dos colaboradores, afinal, as pessoas trabalham com propósitos e precisam ter objetivos claros para não se perderem no caminho.

Já os KPIs são essenciais para entender o caminho que está sendo tomado para atingir metas. Com esse medidor de performance é possível ver e entender se as ações tomadas estão sendo eficientes, e se não, quais ações precisam ser tomadas. Indicadores-Chave de Performance são essenciais para entender o desempenho e possíveis dificuldades que podem aparecer no caminho.

OKR na Elofy

Elofy na sua gestão de metas

Descarte agora a ideia de fazer tudo isso em planilhas do Excel. Se você já entendeu a importância do OKR na sua empresa, seu próximo passo é decidir o software que facilitará o seu caminho.

A Elofy se compromete a te ajudar nessa missão. Com um software fácil, intuitivo e amigável, nós te ajudaremos a automatizar seus OKRs, além de oferecer features para avaliações de desempenho, feedbacks, pesquisas e muito mais. Gostou do artigo? Conseguimos te ajudar? Deixe seu comentário! 💙

Gostou do Artigo?   Compartilhe

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Fique por dentro de nossos conteúdos e novidades sobre nosso produto