Pular para o conteúdo
Home > Engajamento > Engajamento das equipes: formas de acompanhá-lo
Home > Engajamento > Engajamento das equipes: formas de acompanhá-lo

Engajamento das equipes: formas de acompanhá-lo

Equipes engajadas são equipes mais produtivas, satisfeitas e que geram os melhores resultados na empresa. Disso todo mundo já deve saber! Ainda assim, acompanhar e manter o engajamento das equipes continuam sendo um dos maiores desafios para gestores e líderes.

4 em cada 10 colaboradores se consideram desengajados em seus empregos, segundo artigo da Forbes. Por mais que pareça um número baixo, as consequências negativas são grandes para a empresa. Funcionários desengajados, são times desengajados e isso afeta o desempenho e a produtividade das entregas.

Também precisamos considerar que colaboradores desengajados têm o dobro de chances de se demitir do emprego, influenciando assim as taxas de turnover, de retenção e de satisfação interna.

A verdade é que ter um bom engajamento é tão importante quanto você pode imaginar, por isso, vamos analisar neste artigo como acompanhar e manter o engajamento das equipes.

Como identificar se seu time está desengajado

Sua equipe pode estar desengajada e você pode ainda não ter percebido. Isso acontece porque nem todos os sinais são tão claros. Além da baixa produtividade e da baixa qualidade das entregas, há outras formas de identificar o desengajamento das equipes, tais como:

  • Conflitos internos: o desengajamento e a insatisfação levam ao desentendimento dos times e problemas na comunicação.
  • Procrastinação: colaboradores tendem a procrastinar e delegar tarefas que são prioridades quando estão desengajados, o que gera atrasos e baixa qualidade nas entregas.
  • Falta de foco: se seu time não consegue focar nas tarefas que realmente importam para o momento da empresa, pode ser devido à falta de engajamento com as metas e objetivos da empresa.
  • Alto absenteísmo: colaboradores das equipes tendem a se ausentar com frequência no trabalho quando estão desengajados e comprometidos com a empresa.
  • Alto turnover: a rotatividade dos colaboradores pode estar ligada ao desengajamento e falta de motivação com o trabalho, assim como a baixa retenção de talentos.
  • Falta de motivação, cansaço, desânimo: sintomas relacionados à saúde emocional também podem mostrar o baixo engajamento das equipes.

São diversas formas que podem te ajudar a ver o desengajamento da sua equipe, mas sabe por que olhar para isso é tão importante? Porque quando você identifica que seu time está com um baixo engajamento, você consegue criar estratégias eficientes, que realmente resolvam o problema da sua equipe.

Como motivar e engajar seus colaboradores

Engajamento de equipes

Agora que você já consegue identificar quando um time está desengajado e desmotivado, você precisa entender como mudar essa situação.

Vale lembrar que engajamento e motivação não possuem o mesmo significado. Ou seja, não é porque seu time está motivado, que ele está engajado. Motivação está relacionada com fatores como satisfação e saúde emocional no trabalho. Já o engajamento está relacionado com o propósito e ações da empresa, com relacionamentos, conexão e comprometimento.

Mas, a motivação e o engajamento acabam andando de mãos dadas na empresa, por isso, é tão importante não só engajar os profissionais do seu time, mas também motivá-los.

Também precisamos ressaltar que a motivação não é uma questão financeira. Não é apenas um aumento de salário ou benefícios que vão manter o alto engajamento das equipes. A valorização financeira importa, mas não é a única estratégia que vai trazer os resultados que você espera.

Existem várias estratégias que podem te ajuda a aumentar e melhorar o engajamento e a motivação dos colaboradores, e, em resumo, todas estão relacionados com gestão estratégia de pessoas, algumas das principais são:

  • Cuidar do clima e da cultura da empresa: criar um ambiente de trabalho adequado, com uma cultura inovadora é essencial para ajudar a melhorar o engajamento das equipes e a motivação com suas tarefas.
  • Focar em formas de otimizar os processos: ajudar sua equipe descomplicando processos é uma forma de guiá-los e otimizar o tempo de cada colaborador. Isso ajuda na produtividade, no comprometimento, no foco e na satisfação com o trabalho.
  • Cuidar da saúde emocional do time: quantos casos de burnout e crise de ansiedade você já ouviu ou presenciou no ambiente de trabalho? Isso vem crescendo porque nem todos cuidam do emocional dos seus colaboradores, porém saúde mental é essencial para manter o engajamento, produtividade, motivação, satisfação e muito mais.
  • Dar autonomia e confiança para o time: colaboradores que têm autonomia no trabalho, são mais engajados. Isso acontece porque autonomia gera confiança, que gera maior motivação e, consequentemente, maior envolvimento e engajamento das equipes.
  • Focar em desenvolvimento: dar oportunidades de desenvolvimento para seus colaboradores é uma forma de motivá-los a buscar mais, a crescerem e se comprometerem mais com suas entregas.

Se o seu time anda muito desmotivado, o ideal é mudar todo o cenário da sua gestão de pessoas. Mas vá com calma, as mudanças não acontecem do dia para a noite. Para começar, entenda quais as principais necessidades deste momento e assim, implemente as estratégias que vão resolver essas principais dificuldades. Ao longo do tempo você pode começar com outras estratégias e ir mudando o engajamento.

Mas só mudar a realidade não basta, é preciso monitorar o engajamento das equipes. Ações que são eficientes em primeira instância, podem não ser no futuro, ou podem precisar de ajustes. Assim, acompanhar o impacto das suas estratégias é muito importante.

Vamos falar sobre isso agora?

O porquê e como acompanhar o engajamento das equipes

Acompanhar o engajamento das equipes é fundamental para entender o quanto as pessoas estão comprometidas com seus trabalhos e o quanto elas estão envolvidas com a empresa. É uma forma de analisar comportamentos e o quanto as ações e estratégias de gestão de pessoas estão sendo eficientes.

As principais ferramentas para que isso aconteça são:

#1 Controle da jornada

Quando olhamos para o controle da jornada de trabalho dos times, vemos como está o cumprimento de horas de cada colaborador. Mas, por que isso ajuda no engajamento?

O controle de ponto é uma ferramenta que nos mostra os horários de entrada e saída, as horas extras, se o colaborador tirou o horário de almoço, quando ele tirou folga, quando ele se absentou e outros comportamentos que podem nos indicar se essa pessoa está engajada e comprometida com a empresa.

Lembre-se o controle da jornada não é uma questão de tirar a liberdade dos colaboradores e controlar suas rotinas, mas sim de entender como anda a jornada de trabalho das pessoas da sua equipe.

#Dica: A tecnologia está aqui para nos ajudar, certo?! Bom, e a TiqueTaque também, com um software de controle de ponto que descomplica todo esse processo para você.

O controle de ponto com a TiqueTaque vai te ajudar a otimizar o seu tempo, seus processos e evitar problemas trabalhistas, com o uso de dados confiáveis.

#2 Pesquisas

Outra forma eficaz para monitorar o engajamento das equipes é através de pesquisas. E por mais que exista a pesquisa de engajamento que mede, de fato, o comprometimento e a satisfação do colaborador com a empresa, não podemos descartar que há outros formatos que podem sustentar o resultado dessa pesquisa.

Pesquisas de pulso, pesquisa de clima e eNPS também são ferramentas que mostram, em geral, a relação dos funcionários com a empresa. Cada uma tem um foco, mas podem ser usadas como um complemento para entender o engajamento das equipes.

Pesquisas além de engajar os colaboradores, também ajudam a monitorar esse engajamento.

#Dica: o módulo de pesquisa da Elofy conta com questionários altamente customizável, se adequando às necessidades do seu time.

#3 Feedbacks

Receber feedbacks assertivos dos seus colaboradores é sempre uma boa ideia, principalmente para acompanhar e entender o engajamento das equipes.

O feedback é uma ferramenta que além de criar maior proximidade entre pessoas e melhorar o engajamento, também é uma forma de dar voz para seu time. Com esse retorno, você consegue entender os bastidores, ver quais as dores e dificuldades da sua equipe e tirar insights significativos para sua gestão.

#Dica: com a Elofy, você também pode desenvolver uma cultura de feedback constante e assertiva. Em nossa plataforma é possível pedir e receber feedbacks de qualquer pessoa da sua empresa a qualquer momento.

Feedback para ajudar no engajamento das equipes
Tela de Feedbacks da Elofy

#4 Organizador de fluxo tarefas

Existem várias plataformas que ajudam no fluxo de tarefas, tudo vai depender das suas necessidades. Mas, o importante é que organização e clareza no trabalho sempre levam a um bom engajamento das equipes, afinal, como se dedicar e se comprometer a algo que você não sabe nem o que é?

O engajamento é um fator crucial para a integridade da empresa. Equipes desengajadas não conseguem alcançar grandes resultados, não conseguem dar o melhor nas suas entregas e podem gerar altos índices de turnover, afetando até a marca empregadora.

Acompanhar o engajamento das equipes no trabalho é essencial para entender o quanto seus colaboradores estão empenhados, motivados e envolvidos com suas entregas e com a empresa em geral. Também é uma forma de olhar para problemas e dificuldades na gestão de pessoas, para que líderes e gestores tomem ações assertivas e mudem o cenário da empresa.

Se você busca formas de aumentar o engajamento das equipes da sua empresa através de ferramentas de gestão de metas e pessoas, nós temos a solução. Nossas funcionalidades de Feedbacks, Pesquisas, gestão de OKRs, Avaliação de Desempenho e Desenvolvimento vão transformar o engajamento da sua empresa. Quer saber mais? Agende uma demonstração.

Gostou do Artigo?   Compartilhe

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Fique por dentro de nossos conteúdos e novidades sobre nosso produto