Pular para o conteúdo
Home > Gestão de Pessoas > Retenção de talentos: o que é e como fazer na sua empresa
Home > Gestão de Pessoas > Retenção de talentos: o que é e como fazer na sua empresa

Retenção de talentos: o que é e como fazer na sua empresa

Sem dúvidas, o capital humano é um dos pilares responsáveis pelo sucesso de uma empresa. Sendo assim, investir em talentos presentes na corporação, ao invés de buscar por novos profissionais, é um modo de perenizar os valores do negócio.

A retenção de talentos garante uma conexão maior entre os colaboradores e a cultura da empresa, além de reduzir custos com novas contratações, treinamentos, e todos os recursos utilizados durante o processo de admissão.

Investir em quem já faz parte do time, além de garantir inúmeras vantagens financeiras às corporações, também dá origem a equipes engajadas, comprometidas e que se sentem realmente parte de um propósito.

Mas você sabe o que é retenção de talentos? Para te explicar um pouco mais sobre esse assunto, preparamos esse post com explicações e dicas para você praticar essa estratégia na sua empresa!

O que é retenção de talentos?

Retenção de talentos pode ser definida como um conjunto de práticas e/ou políticas adotadas por uma empresa, com o objetivo de garantir que os seus colaboradores com bom desempenho permaneçam nela por tempo indeterminado.

Esse processo começa lá no início, durante a seleção e recrutamento, em que o RH busca um perfil alinhado à cultura organizacional, além de outros fatores desejados para os cargos propostos.

Quando um profissional é admitido, ele deseja obter reconhecimento pelo seu trabalho – o que o manterá sempre feliz, motivado e produtivo. Mas, esse entusiasmo “inicial” costuma diminuir com o tempo – seja pela falta de reconhecimento ou por outros motivos rotineiros.

É nessa hora que o setor de RH precisa entrar em cena. Para reter esse talento, é preciso criar um plano de ação constante que tenha o envolvimento de líderes, e claro, colocá-lo em prática para fazer com que o profissional se sinta satisfeito com o seu trabalho e não precise buscar por novas oportunidades.

Por que reter talentos é importante para uma empresa?

Pessoas movimentam empresas, isso é um fato. Elas são responsáveis pelo desenvolvimento de um negócio. A partir disso, entendemos que quanto mais uma gestão perder funcionários, mais ela ficará parada no tempo, tendo que repassar inúmeras informações e fazer treinamentos do zero para novos colaboradores.

Além disso, a retenção de talentos está diretamente ligada à valorização e reconhecimento de pessoas. Essa estratégia mostra que a empresa entende que precisa desenvolver os seus colaboradores, a fim de evoluir como um time.

Reter talentos é uma forma de mostrar que o colaborador importa, e que o trabalho dele é reconhecido e valorizado. Muito mais do que reduzir custos, tornar o seu negócio atrativo a quem já faz parte dele, é uma forma de elevar a imagem da sua marca.

Ah, é importante ressaltar que, altos índices de turnover dão indícios de que o seu negócio está perdendo muitos recursos! É importante ficar atento aos motivos pelos quais os colaboradores estão saindo da sua empresa.

Benefícios de reter talentos

No turbilhão de informações do dia a dia, os gestores podem acabar não percebendo as vantagens que a retenção de talentos proporciona à empresa. Confira alguns benefícios que essa estratégia pode oferecer:

  • Reter talentos contribui para um clima de trabalho mais agradável;
  • Garante mais perspectiva de futuro, engajamento e produtividade aos colaboradores;
  • Promove fluidez na tomada de decisão;
  • Reduz custos;
  • Garante que a organização mantenha o seu capital intelectual em uma crescente;
  • Se torna atrativa e bem-vista no mercado;
  • Comprova a qualidade do trabalho.

Como realizar a retenção de talentos na prática?

Existem alguns caminhos que você pode seguir para melhorar o ambiente de trabalho, e criar ações eficientes para reter talentos no seu negócio. Confira algumas dicas:

#1 Faça um bom plano de carreira

Ninguém quer permanecer em uma empresa que não fornece perspectiva nenhuma de evolução, não é mesmo? Por isso, desde a contratação, faça um plano de carreira para cada colaborador, e acompanhe de perto o seu desenvolvimento.

Assim, será possível analisar os pontos fortes e fracos, e ver que medidas podem ser tomadas para que eles possam crescer na empresa.

#2 Invista em uma boa liderança

Ter uma boa liderança significa nunca deixar um colaborador desamparado. É comum que a má gestão tire o ânimo da equipe que, muitas vezes trabalha, trabalha mas não tem seu desempenho reconhecido.

Por isso, tenha um líder que foque no bem-estar das pessoas, e que se importe com o que cada um precisa para evoluir profissionalmente dentro da empresa. Bons líderes formam bons líderes!

#3 Preze pela organização de cada processo

Alguns profissionais abandonam seus empregos por causa da desorganização: pedidos de última hora, prazos inalcançáveis, tarefas urgentes, atrasos de pagamento, entre outros fatores que afetam diretamente em como o colaborador se sente e produz.

É muito importante ter tudo organizado e oferecer um clima de trabalho leve para cada pessoa.

#4 Ofereça benefícios e uma boa remuneração

Você não precisa pagar o maior salário do mercado, mas sim um valor compatível com a função exercida por cada colaborador, afinal, eles sabem quanto o mercado paga lá fora.

Isso não significa que você fará um “leilão” de salário, até porque esse não deve ser o único atrativo da sua empresa. Você deve ser justo, pois se a remuneração que você oferece for abaixo do comum, o colaborador iniciará sua busca por outras oportunidades.

Além disso, oferecer benefícios pode ser o diferencial do seu negócio. Invista em opções como plano de saúde, vale alimentação, entre outros fatores que podem deixar sua equipe satisfeita.

#5 Capacite sua equipe

Aqui, o primeiro passo é escutar os seus colaboradores. Veja o que eles precisam e, em seguida, ofereça a capacitação necessária para que cada um se desenvolva dentro da empresa. É preciso tratar bem a sua equipe, pois assim sua empresa colherá ótimos frutos!

Além dessas dicas, é essencial que você ofereça um ambiente de trabalho agradável às suas pessoas. Lembre-se: a satisfação dos colaboradores é a chave para a retenção de talentos!

Retenção de talentos com a plataforma da Elofy

Utilizando a plataforma da Elofy, você não apenas conta com todas as funcionalidades necessárias para acompanhar o desenvolvimento dos seus talentos, mas também consegue registrar, analisar e monitorar dados de maneira simples, rápida e eficaz.

Em um software amigável, intuitivo e fácil de usar, você descarta a ideia de depender de planilhas, papéis impressos, e-mails e todo o resto.

Tela Elfoy de okrs e retenção de talentos

E aí, gostou da nossa explicação? Conseguimos te ajudar? Deixe seu comentário! 💙

Comece agora sua jornada na Elofy

Gostou do Artigo?   Compartilhe

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Fique por dentro de nossos conteúdos e novidades sobre nosso produto