Pular para o conteúdo
Home > Gestão de Pessoas > People Analytics: como esse método pode revolucionar o seu RH?
Home > Gestão de Pessoas > People Analytics: como esse método pode revolucionar o seu RH?

People Analytics: como esse método pode revolucionar o seu RH?

Você já ouviu falar em People Analytics? Sabe como esse método pode revolucionar a gestão de pessoas? Se ainda não, hoje nós vamos te explicar tudo sobre essa metodologia! Mas primeiramente, precisamos concordar que, pessoas são valiosas em qualquer empresa.

Pessoas são consideradas o “mecanismo” principal que faz tudo funcionar, certo? Sim! Independentemente das ferramentas ou softwares que uma empresa possua, os colaboradores serão sempre a “parte” principal do negócio. Por isso, é extremamente importante que as organizações compreendam melhor seus colaboradores, a fim de identificar formas de fazer com que se tornem mais produtivos, engajados, mais felizes e satisfeitos no trabalho.

Sendo assim, uma das premissas do People Analytics, é que a tecnologia pode ser uma aliada na hora de otimizar processos e obter dados sobre pessoas dentro da área de recursos humanos.

Neste artigo, vamos explicar o que é People Analytics, quais são os seus benefícios, e ainda te daremos dicas de como implementá-lo na sua empresa. Confira!

O que é People Analytics e para que serve?

People Analytics na empresa

People Analytics pode ser definido como uma metodologia para coletar e analisar dados relacionados às pessoas de uma empresa. O conceito é baseado a partir da concepção de Big Data, que consiste na coleta, armazenamento e análise de um grande volume de dados, que é inviável ser analisado por sistemas tradicionais.

O processo de People Analytics explora dados referentes ao comportamento das pessoas, com o intuito de identificar o que pode ser feito para melhorar a gestão estratégica do RH. Portanto, essa análise é uma ferramenta essencial para tornar o RH mais estratégico e mais eficiente para a empresa.

A partir dele, o RH consegue observar padrões comportamentais e obter informações relevantes sobre os índices de turnover, por exemplo. Além disso, o People Analytics torna possível o acompanhamento de análises de produtividade, e promove uma gestão de talentos mais eficiente.

O objetivo principal desse método, é tornar a gestão de pessoas mais eficaz, e criar um ambiente de trabalho muito melhor para todos que fazem parte de uma empresa. Além de que, a tomada de decisões acaba sendo muito mais assertiva.

Quais os benefícios do People Analytics?

Os benefícios são diversos tanto para a empresa quanto para o colaborador. Quando os processos de People Analytics são implementados em uma organização, os resultados surgem de forma rápida, e são extremamente significativos.

Confira a seguir, os principais benefícios que essa metodologia proporciona ao setor de recursos humanos:

#1 Contratação baseada em dados

O People Analytics não está relacionado apenas à coleta e análise de dados dos colaboradores que já fazem parte de uma empresa.

A partir do momento em que a organização possui um grande volume de dados sobre os candidatos às suas oportunidades, automaticamente possui valiosas informações para considerar a tomada de decisão.

Ou seja, quando o setor de recursos humanos utiliza as informações obtidas antes de efetuar uma contratação, as chances de que a pessoa que fará parte da empresa, esteja alinhada aos valores e às expectativas da função, serão muito maiores.

#2 Maior produtividade

Qualquer ação que foque na satisfação dos colaboradores de uma empresa, com certeza proporcionará benefícios em relação à produtividade – tudo parte da motivação!

Quando os colaboradores estão contentes com suas funções e com o ambiente de trabalho, com certeza produzem mais!

Com o People Analytics, é possível obter diagnósticos individuais, o que viabiliza a compreensão sobre o que cada colaborador precisa para alavancar em seu cargo.

#3 Retenção de talentos

Reter talentos significa garantir que os colaboradores de uma empresa não busquem por novas oportunidades, mas se sintam atraídos e motivados a continuarem onde estão.

Isso envolve uma série de práticas e medidas que os gestores devem tomar para que um talento se sinta valorizado, satisfeito e feliz de modo geral no seu trabalho atual.

Neste caso, o People Analytics fornece os dados necessários para que o RH entenda o que cada talento precisa para se sentir satisfeito, além de reduzir custos com novas contratações e promover planos de carreira mais concretos.

Lembre-se: ter informações corretas e concretas sobre os seus talentos, é mil vezes mais válido do que apenas fazer suposições sobre eles.

#4 Eficiência em treinamentos

Treinamentos são ferramentas essenciais para uma organização. Mas qualquer erro ou lacuna que haja em um treinamento pode gerar inúmeros problemas e até o aumento de custos.

A partir do People Analytics, a empresa consegue analisar se os colaboradores estão se beneficiando com as oportunidades de aprendizado, além de identificar se eles utilizam na prática o conhecimento adquirido durante os treinamentos oferecidos.

Com essas informações, é possível entender qual tipo de treinamento é mais válido para as equipes, além de ter ciência do que está funcionando e do que não está!

#5 Experiências melhores

Promover o aumento do sentimento de pertencimento dos colaboradores dentro da empresa, pode elevar as experiências que eles têm no ambiente de trabalho.

Obter dados sobre pessoas e seus sentimentos ajuda o RH na tomada de decisões eficiente e criação de melhorias internas, para que a cultura da empresa e o clima organizacional sejam beneficiados.

Como funciona o People Analytics?

A metodologia de People Analytics pode parecer bem complexa e, muitas vezes, difícil de aplicar na empresa. Mas vamos te mostrar que essa funcionalidade pode ser simples, principalmente com a ajuda da tecnologia.

O primeiro passo é entender qual o cenário atual da sua empresa, e quais as necessidades que precisam ser supridas com o People Analytics. O principal é entender onde implementar a ferramenta e para que. Seja para melhorar a retenção de talento, ou para a avaliação de futuros candidatos, ou para realizar uma avaliação de desempenho, por exemplo.

Com um objeitvo mais claro, é hora de coletar todas as informações relevantes, e esses números podem vir de diversos lugares, seja uma pesquisa internas, externas, com candidatos ou colaboradores. Após a coleta, é hora da análise desses dados para tomar decisões fundamentais. Para isso, é importante cruzar dados, entender o cenário e ver quais as ações que precisam ser tomadas.

Como implementar o People Analytics?

Agora que você já sabe o conceito de People Analytics e seus principais benefícios, vamos te dar um passo a passo de como implementar essa metodologia! Vale dizer que, independente do tamanho da empresa, essa ferramenta pode ser implementada e usada pelo departamento de RH. E a Elofy possui uma plataforma simples e completa que pode te ajudar nessa hora.

Confira os cinco principais passos para implementar essa ferramenta na sua empresa:

#1 Estabeleça um objetivo

Faça um levantamento dos problemas enfrentados no momento, para definir o que você precisa resolver primeiro, a partir da análise e do cruzamento de dados.

Por exemplo, você pode definir como objetivos, a identificação dos colaboradores com melhor desempenho, qual dos talentos é mais adequado para um cargo maior, e por aí vai.

#2 Faça a coleta de dados

Coletar dados não significa unir informações de qualquer jeito, ok? Você precisa saber como coletá-los, para depois fazer análises e alcançar seus objetivos.

Não foque somente no desempenho dos seus colaboradores, mas em como e o que eles fizeram que resultou em bons ou maus resultados. Em seguida, fique atento à frequência das informações, e tire do seu ponto de vista o acaso – aqui, estamos falando de dados reais!

Por fim, estruture processos no RH. É indicado que você tenha um software como auxílio.

#3 Defina métricas

Com a sua coleta de dados, você terá acesso a um conteúdo bruto, que pode levar a conclusões antecipadas. Sendo assim, é preciso estabelecer métricas e indicadores para tais dados.

O intuito é dar contexto a eles e torná-los relativos, para que seja possível fazer uma análise de todos sob as mesmas perspectivas – isso quer dizer, comparar limões com limões.

#4 Busque a correlação entre os dados obtidos

Com os dados, as métricas e indicadores, chegou o momento de encontrar a correlação entre eles. Como exemplo, vamos supor, que você dê início a um jogo com seus colaboradores e atribua uma pontuação para cada um deles, com a finalidade de saber quem joga melhor.

Depois de um determinado tempo, você pode avaliar se a pontuação dada, ainda faz sentido com o desempenho apresentado por cada um. Ou seja: há correlação entre as pontuações iniciais e o desempenho durante os jogos?

#5 Planeje o futuro

Agora que você já fez a análise dos dados, é natural que você consiga planejar as ações futuras, para que seja possível resolver os problemas identificados quando você definiu os objetivos.

Como falamos, o People Analytics é uma ferramenta essencial para tomada de decisões, então sempre use os dados obtidos para também tomar decisões no futuro. Mas não se esqueça que as situações podem mudar, então manter uma rotina de obtenção de dados é essencial para obter os resultados esperados.

#6 Use a tecnologia ao seu favor

Em tempos como esses, não podemos ignorar que a tecnologia é essencial para nos ajudar a otimizar processos. Se você utilizar a plataforma certa como auxílio para o People Analytics, todas as suas análises serão mais simples e fáceis de entender.

Como você pôde ver, o People Analytics é uma metodologia que pode tornar o seu RH extremamente eficaz, e promover a valorização dos seus colaboradores.

People Analytics com a plataforma da Elofy

Utilizando a plataforma da Elofy, você não apenas conta com todas as funcionalidades necessárias para implementar o People Analytics na sua empresa, mas também consegue registrar, analisar e monitorar dados de maneira simples, rápida e eficaz.

Em um software amigável, intuitivo e fácil de usar, você descarta a ideia de depender de planilhas, papéis impressos, e-mails e todo o resto.

E aí, gostou da nossa explicação? Conseguimos te ajudar? Deixe seu comentário!

Comece agora sua jornada na Elofy

Gostou do Artigo?   Compartilhe

guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

Fique por dentro de nossos conteúdos e novidades sobre nosso produto